segunda-feira, 31 de agosto de 2009

Steve Jobs vira patrão do Incrível Hulk e do Homem Aranha!

Já havia postado aqui que a Marvel estava trocando sua atuação de venda de produtos por serviço. Este movimento pode ter contribuido para chamar a atenção da Disney sobre este negócio e acabou comprando a Marvel por US$  4 bilhões. Como Jobs é acionista da Disney então nossos Super Heróis estão com novo patrão!

Us Now Film - Parte 2

Já bloguei aqui a primeira parte do filme Us Now que nos trás uma visão do que e como poderá se dar a alteração nos relacionamentos com base nas novas tecnologias.



quinta-feira, 27 de agosto de 2009

Pirataria? Anarquia? Tente fazer sua própria reflexão!

Você é contra ou favor da Pirataria? O que estão falando sobre isto e o que isto representa? Já existe uma organização, Partido Pirata, que começa a discutir o tema. Veja abaixo uma amostra retirado do site deles sobre o assunto.



 Quem somos

O Partido Pirata é um movimento que surgiu no Brasil no final de 2007 a partir da rede Internacional de Partidos Piratas, organização pela defesa ao acesso à informação, o compartilhamento do conhecimento, a transparência na gestão pública e a privacidade - direitos fundamentais que são ameaçados constantemente pelos governos e corporações para controlar e monitorar os cidadãos. Não acreditamos na "propriedade intelectual" e entendemos que sua defesa no âmbito digital implica no controle dos cidadãos e na supressão dos direitos civis e liberdades individuais fundamentais.

O Partido Pirata do Brasil defende ainda a inclusão digital, o uso de softwares livres e a construção de políticas públicas de forma efetivamente participativa e colaborativa. O Partido Pirata ainda não é institucionalizado. Mas não estamos esperando o reconhecimento oficial para buscar apoios e difundir nossas propostas. Elas estão em constante desenvolvimento pelos membros do Coletivo, que se comunicam através de ferramentas colaborativas e abertas ao público, como o fórum, wiki e lista de emails.

O Partido Pirata não se parece em nada com a instituição "Partido" a qual estamos acostumados: burocráticas, hierárquicas e verticalizadas. Atuamos de forma descentralizada e não hierárquica. Essa forma de agir, compartilhando e construindo conjuntamente as propostas, se associa diretamente a nossa própria identidade e à sociedade que queremos construir.

Àqueles que buscam modos abertos e transparentes de se fazer política, fica o convite para o ingresso no Partido Pirata.

segunda-feira, 24 de agosto de 2009

Avanço do Twitter no mundo!



Tem uma reportagem no jornal O Estado de São Paulo do Serra falando que a eleição 2010 deve contar e muito com as redes sociais e internet. Para quem ainda duvida este gráfico mostra o avanço do Twitter no mundo!

quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Nova Economia, a Economia do Verde!!

Mais do que bater no velho tema de "Salve o Verde", cada vez mais temos assistido a um novo tema baseado na Economia do Verde! Se esta nova onda está baseada apenas em dar um incremento à economia mundial, ou se é para salvar a nossa existência neste planeta ainda não está muito claro, mas tem um tom social que soa bem. Este video segue basicamente o mesmo tema do Climate Savers, já postado aqui.

terça-feira, 18 de agosto de 2009

2009 Ano Internacional da Astronomia

Neste ano, comemoram-se os 400 anos em que Galileu apontou seu telescópio para o espaço.Vale a pena conferir o vídeo que nos dá uma idéia do nosso tamanho perante o universo. Aos que desejarem se aprofundar clique aqui para ver outro filme relação terra/universo ou visitem o site sobre esta celebração clicando aqui

segunda-feira, 17 de agosto de 2009

Climate Savers



Neste video, alguns representantes de empresas como Coca-Cola, Johnson&Johnson, Sony, Nokia, HP entre outras dão uma prévia das discussões que deverão ocorrer em Dezembro em Copenhagem. Mais do que simplesmente "salvar o planeta" o vídeo chama a atenção para uma nova economia e oportunidades de negócios através do tema "Let the clean economy begin"

quinta-feira, 13 de agosto de 2009

A História das Coisas! Uma visão do desenvolvimento econômico e seus impactos no mundo.



Este video de aproximadamente 20 min. traz de uma forma clara como as coisas acontecem economicamente no mundo e suas consequências. Abaixo, alguns tópicos tratados neste filme:

- das 100 maiores economias do mundo, 51 são corporações;
- nas últimas 3 décadas foram consumidos 33% das reservas de recursos naturais do planeta;
- nos Estados Unidos, apenas 4% das florestas são originais;
- se todos consumissem como os Estados Unidos (obsolescência percebida) necessitaríamos de 3 a 5 planeta
- origem do modelo de consumo americano se dá com Victor Luboux no governo do presidente Eisenhower

Se dê um tempo para refletir sobre o mesmo, vale a pena!

domingo, 9 de agosto de 2009

Novas tecnologias, novos relacionamentos, novas formas de Governo!?!?!?

As fronteiras entre cidadãos, governos e empresas já caíram e os que ainda não se deram conta poderão cair, ou sumir mais rápido do que podem imaginar. Nos sites de relacionamentos, consumidores expõem seus desejos, frustrações, e alegrias influenciando em tempo real diversas pessoas. No “Youtube”, vídeos são postados e assistidos por pessoas anônimas com uma velocidade e influência inimaginável poucos anos atrás.
Neste novo cenário, esconder-se de seu público, sejam as empresas de seus consumidores ou os políticos de seus eleitores, é o caminho mais curto para o seu desaparecimento. Neste tom, o cineasta inglês Ivo Gormley, disponibilizou de graça aqui um documentário, Us Now, sobre como as pessoas podem e devem influenciar nas decisões de instituições públicas e privadas e como estas devem ouvir os internautas sob risco de sumirem do mapa.
A justificativa de Ivo para essa mudança nas relações entre cidadãos e instituições é que, na era da internet, onde cada vez mais as pessoas publicam informações sobre si, as relações virtuais baseiam-se em índices de confiabilidade, os quais são medidos em sites como o Ebay, por exemplo, em que os vendedores são julgados pelos compradores. Quanto mais avaliações positivas o primeiro tiver, maior a rua reputação. E isso, como Ivo mostra em entrevistas e casos interessantes, também migra para o mundo real.

video